First steps in Lisp

“Lisp é uma linguagem de programação programável.”
— John Foderaro

Estive tendo um pouco de contato com Lisp e Scheme desde ano passado, por conta de um projeto de pós-graduação. Eis algumas impressões minhas sobre a linguagem Lisp.

Sendo um membro do grupo de linguagens chamadas funcionais, Lisp é um pouco diferente das linguagens a que a maioria dos programadores está acostumada. Para um programador acostumado a outras linguagens aprender a programar em Lisp, é preciso uma mudança na forma de raciocinar.

Linguagens de programação ‘comuns’ (também chamadas de imperativas) enfatizam como uma coisa deve ser feita. Linguagens funcionais enfatizam o que deve ser feito. Elas lidam com mais abstrações do que as outras linguagens, que lidam com conceitos mais próximos do “maquinário”.

Um dos recursos mais poderosos de Lisp é a capacidade de manipular dados sob forma de listas. Algumas dessas idéias foram absorvidas pela linguagem Python: vide as funções map() e filter().

Comparison between Python and Lisp: Python for Lisp programmers

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s